Login

dor musculoEsqueletica

A dor musculo-esquelética manifesta-se como dor referida para estruturas somáticas distantes, hiperalgesia localizada ou generalizada dos tecidos profundos, transição da dor aguda para dor crónica e perturbação da função muscular. A sensação de dor resulta da ativação de nociceptores musculares polimodais do grupo III (fibras Aδ) e do grupo IV (fibras C).
É difícil distinguir a dor originada nos tendões, ligamentos, ossos, articulações e suas cápsulas. Kellgren foi um dos pioneiros no estudo experimental das características difusas da dor muscular exógena e das reais localizações de dor referida por ativação seletiva de grupos musculares específicos.
A algometria por pressão é a técnica quantitativa mais usada para avaliar a sensibilidade em tecidos miofasciais e articulações.
A dor referida pode ser avaliada por injeção intramuscular de várias substâncias químicas tais como soro hipertónico, capsaicina, e glutamato.

pdfDownload ptFlag