Login

cefaleias

Podemos dividir a neuromodulação em:

  1. Invasiva – estimulação de nervo periférico, do vago, medular e cerebral profunda hipotalâmica;
  2. Não invasiva – Estimulação elétrica transcutânea de nervo (TENS), magnética transcraniana e transcraneana com corrente direta.

O princípio subjacente é a modulação de estruturas neuronais que estão envolvidas direta ou indiretamente na transmissão de estímulos dolorosos ou no processamento cerebral destes estímulos.
Enquanto as técnicas não invasivas têm uma utilização mais liberal, para as técnicas invasivas os doentes devem ser criteriosamente selecionados e tratados por uma equipa multidisciplinar, tendo em consideração os riscos potenciais.
Assim sendo, a abordagem neuromoduladora é uma arma promissora como opção adicional nas situações de cefaleia refratária, após cuidadosa seleção.

pdfDownload ptFlag enFlag